Caio Santos

Bacharel pela UNESP (Universidade Estadual Paulista) é, também, formado pelo Conservatório Dramático e Musical de Tatuí.

Ao longo de sua formação, frequentou aulas e masterclasses com renomados professores, como Guy Braunstein (ex-spalla da Filarmônica de Berlin), Elizabeth Chang, Pablo de Léon, Carmelo de los Santos, Emmanuelle Baldini e Elisa Fukuda.

Atuou na Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí, na Orquestra Sinfônica de Sorocaba, na Orquestra Acadêmica da UNESP e na Orquestra Experimental de Repertório.

Atuou também como músico convidado pela Orquestra Sinfônica de Ourinhos, Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, pela Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP e pela Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo. Esteve sob regência de renomados maestros, como Lutero Rodrigues, Roberto Tibiriçá, Alex Klein, Abel Rocha, Ira Levin, Victor Hugo Toro, Roberto Minczuk,  João Carlos Martins, Felix Krieger, e outros.

Atualmente é discente do programa de Pós-Graduação da UNESP e é Spalla da Orquestra de Cordas Laetare, que tem Muriel Waldman como maestrina e diretora artística.