Marcus Toscano

Marcus Toscano
Marcus Toscano
Marcus Toscano
Marcus Toscano

Um dos grandes destaques do violão, Marcus Toscano foi premiado nos mais importantes concursos de música do Brasil, destacando-se o 1º lugar no Concurso Latino Americano Rosa Mística, 1º Lugar no Concurso Nacional Musicalis, 1º Lugar no Concurso Faculdade FITO, além de ser premiado nos mais importantes concursos de música do Brasil, destacando-se o 1º lugar no Concurso Latino Americano Rosa Mística, 1º lugar no Concurso Nacional Musicalis, 1º Lugar no Concurso Faculdade FITO, além de ser premiado em 1º lugar durante dois anos consecutivos no Concurso de Alunos do Conservatório de Tatuí; 2º lugar no Concurso Fred Schneiter, 2º lugar no Concurso Souza Lima e 3º lugar no Concurso Internacional FENAVIP.

O contato com o violão desde muito cedo proporcionou atuar como camerista e solista no Teatro Procópio Ferreira em Tatuí, Teatro Municipal Teotônio Vilela em Sorocaba, Grande Teatro Sesc Vila Mariana, Série Música no Páteo do Collegio, Mosteiro de São Bento em Sorocaba, Teatro Colonial Municipal em Niterói, Auditório do MASP (nos anos 2007, 2009, 2010 e 2011), Seminário Nacional de Violão Clássico Souza Lima, Teatro Pablo Casals com a OBC (Orquestra Nacional Catalã de Barcelona) na ocasião da comemoração dos 70 anos da Orquestra  - Sinfonia nº 8 de Gustav Mahler.

Já foi entrevistado em diversas emissoras de radio e televisão mais conceituadas do Brasil, como a Rádio Cultura FM de São Paulo, programas jornalísticos do SBT, TV Globo, além de participar do Programa Prelúdio na temporada de 2009 da TV Cultura, solando o concerto de Villa-Lobos.

Nascido em Sorocaba, iniciou sua formação musical com o Maestro Pedro Cameron, prosseguindo paralelamente como bolsista no Conservatório Dramático e Musical "Dr. Carlos de Campos" em Tatuí, tendo orientação dos professores Geraldo Ribeiro e Edson Lopes, estudou bandolim com Altino Toledo, também no Conservatório de Tatuí.
Em 2007, fixou residência na cidade de São Paulo onde se graduou no curso de bacharelado em violão pelo Departamento de Música da Universidade Cruzeiro do Sul UNICSUL, sendo orientado pelos professores Celso Delneri, o compositor e violonista Marcus Siqueira e o Mestre Henrique Pinto considerado o guru do ensino do violão no Brasil.

Participou como bolsista e aluno em diversos festivais de música no Brasil, nos quais trabalhou sob orientação de renomados violonistas do cenário internacional, tais como: Leo Brouwer, Fabio Zanon, José Escobar, Zoran Dukic, Eduardo Isaac. Durante quatro anos consecutivos foi bolsista do Festival de Campos do Jordão realizando trabalhos diversos como solista. Atuou como camerista do Quarteto Oficial Leo Brouwer durante o 3º Festival Internacional Leo Brouwer, executando estréias de obras do compositor Eduardo Fernandez, além de estrear obras especialmente dedicadas por compositores brasileiros de diferentes estilos tais como: Guinga, Tiago Litieri e João Luiz (Brasil Guitar Duo), como bandolinista, executou os concertos de Vivaldi para Bandolim e Orquestra de Câmara e vem atuando também no universo do choro há aproximadamente 20 anos.

Atualmente, Marcus Toscano vive em Barcelona - Espanha - berço dos maiores compositores do violão clássico: Fernando Sor (1778-1839), Francisco Tárrega (1852-1909) e Miguel Llobet (1872-1938) este considerado virtuose e maior violonista do mundo em sua época, e melhor aluno de Tárrega.

Marcus desenvolve sua carreira artística através de uma experiência de intercâmbio muito proveitosa que proporciona o aprendizado de mais duas línguas - Castelhano e o Catalão - concluindo o curso de Mestrado na Escola Superior de Música da Catalunya, sob a orientação dos professores Xavier Coll (Espanha) e José Antonio Escobar (Chile), realizando pesquisa musicológica sobre a história da escola tradicional do violão clássico na Catalunya (século 17 até o início do século 20).

No verão Europeu de 2015, foi aceito através de uma competição por gravações para tocar no Festival Musiquem Lleida - cidade de Lleida - Catalunya.

Também foi premiado em sua primeira competição internacional com o Terceiro Prêmio no Concurso e Curso Internacional da cidade de Benidorm - Alicante, na classe do reconhecido violonista Carles Trepat e também foi laureado com bolsa integral para participar do Festival de Música de Santiago de Compostela, considerado um dos cursos de verão mais tradicionais da Espanha, fundado em 1954 pelo lendário Andrés Segóvia.

Gravações

Gravação para o Festival de Lleida em 2015

Técnico de Gravação: Daniel Weiss

Violão Sérgio Abreu 1999

El Mestre

Harmonização de Miguel Llobet - dedicada 

na ocasião do falecimento de seu mestre: Francisco Tárrega.

El MestreMarcus Toscano
00:00
Torre Bermeja

Issác Albeniz - Transcrição de Miguel Llobet

 

Torre BermejaMarcus Toscano
00:00
Três Canções Catalañas

Harmonização de Miguel Llobet

Três Canções CatalanasMarcus Toscano
00:00